[Coluna] A relação entre Animais Fantásticos e Cálice de Fogo!

07/12/2015

Animais Fantásticos e Onde Habitam ainda tem poucas informações, eu sei. Vejamos o lado bom disso: essas especulações e teorias sobre o filme são muito divertidas. Uma das notícias mais legais que temos até agora é que o estilo do longa lembra o quarto filme da franquia, O Cálice de Fogo. A partir daí, podemos viajar em um mar de possibilidades (muito provavelmente, o que vou fazer nesse post).

Inicialmente, é importante observar que Cálice de Fogo é um dos filmes mais  sombrios da saga. Sem dúvida nenhuma, foi o filme que mais me causou medo. Dirigido por Mike Newell e produzido por David Heyman, que também assume o papel em Animais Fantásticos, Cálice de Fogo frequentemente aparece na lista dos fãs como preferido (apesar de não ser unanimidade). 

Mesmo possuindo uma história frenética com cenas de ação e drama, a história encontra espaço para o desenvolvimento das personagens: o amadurecimento de Harry e sua relação com os amigos são muito bem explorados. Contando que estamos falando de um filme que, além de nos introduzir em um universo diferente (já que estaremos em outra época e em outro país) tem de nos apresentar personagens novos e em uma nova situação-problema forte o suficiente para sustentar o filme inteiro, essa semelhança com o quarto livro da saga é importantíssima. Como já disse acima, Cálice de Fogo é marcado pela relação das personagens entre amigos e com elas mesmas: a autodescoberta. Isso pode ser observado quando Olho-Tonto (vulgo Bartô) instiga Harry a explorar seus pontos fortes. Nosso amado menino Potter começa a se explorar e a atingir a maturidade.

Outra presença deve ser destacada no filme de 2005: a comédia. Sem dúvida nenhuma, é um mérito do longa. O equilíbrio entre tom de mistério, ação e alívio cômico é perfeito. Para sustentar essa posição, temos um agravante. O modo como Newt anda e o fato de ter deixado os animais escaparem de sua mala revela que, possivelmente, estaremos diante do cara mais atrapalhado do mundo bruxo. Oportinidade única para aliviar o tom sombrio do filme (e fazer a gente rir muito).       

Enfim, espero que tenham gostado das minhas expectativas em relação ao filme. Não esqueçam: ainda teremos um romance se desenvolvendo nesse meio tempo! Com J.K. e o tão amado universo bruxo de volta às telonas, esse filme tem tudo para ser Fantástico (sim, eu fiz esse trocadilho)!

You Might Also Like

0 comentários

Flickr Images

Twitter

Arquivos do site