Pais religiosos ofendidos com o ensino de Harry Potter nas escolas

Escrito por: Thiago Fernando

16/12/15















A polêmica é velha e permanente, voltando a ser tema depois do lançamento do trailer de Animais Fantásticos e Onde Habitam.

Estamos falando sobre o ensino de Harry Potter nas escolas do Reino Unido. Conforme nos informam os sites Britânicos os pais religiosos, principalmente evangélicos e muçulmanos, alegam que os livros da saga Harry Potter expõem seus filhos a bruxaria e ao satanismo.

Os professores têm recebido várias reclamações desses pais que pedem para não mais usarem os livros da escritora J.K. Rowling, dizendo não quererem seus filhos aprendendo sobre ocultismo, alguns professores relatam que há casos onde as próprias crianças informam não poderem ler essa “obra do diabo”.

Os livros da série não fazem parte da grade curricular das escolas, contudo pela grande exposição da obra, algumas escolas adquiriram exemplares para suas bibliotecas, afinal os livros da J.K se tornaram símbolo internacional da literatura contemporânea.

As escolas têm alegado que não estão promovendo nenhum tipo de religião ou crença e além de terem os livros em suas bibliotecas também fazem alguns debates em sala de aula porque isso ajudaria a desenvolver a criatividade e a leitura, tornando-se somente mais um livro entre tantos outros.

A Associação Nacional de Diretores (NAHT) tem defendido o diálogo das escolas com os pais, para que estes compreendem que esse trabalho pode estimular a criança a ter maior interesse em ler.

Com o lançamento do filme Animais Fantásticos e Onde Habitam cada vez mais próximo, alguns acreditam que as polêmicas só tendem a aumentar, pois esses animais poderiam ser vistos não somente como a criação de um mundo artisticamente mágico, mas sim feras diabólicas.

Enquanto os potterheads estão aguardando ansiosamente a volta desse mundo (se é que em algum momento ele esteve ausente), alguns pais Britânicos temem que isso prejudique cada vez mais a educação religiosa de seus filhos.

Siga-nos no twitter @AFEOHBr

You Might Also Like

0 comentários

Flickr Images

Twitter

Arquivos do site