Pottermore entrevista David Yates

Escrito e Traduzido por: Bernardo Costa
Fonte: Pottermore

17/12/15


Nesta quinta (17/12), o Pottermore entrevistou David Yates, o diretor de Animais Fantásticos e Onde Habitam, que também dirigiu quatro filmes da série Harry Potter. Yates falou sobre os atores, J.K, o roteiro e as filmagens. Traduzimos a entrevista e você pode conferir:

 (David Yates durante as filmagens de Harry Potter e a Ordem da Fênix.)

"Está frio. Está escuro. Está chovendo. David Yates está com um chapéu azul-marinho e um sorriso.

As 10h47min da noite, um alto-falante berra: “Corta!”. David Yates caminha para fora de um caminhão, coloca seu casaco azul e se mantem aquecido. Nos encontramos no meio de uma cena; Ezra Miller está em uma caixa de madeira a nossa direita, Colin Farrell está sentado em um carrinho a nossa esquerda.

“Você consegue acreditar o quão rápida esta filmagem esta sendo?!”, ele exclama. “A maioria das filmagens parece durar para sempre, mas esse filme voou. Vamos sentir muita falta quando tudo terminar.”

É minha primeira conversa com o diretor de Animais Fantásticos e Onde Habitam. Ele esta tirando a chuva de seus olhos agora, mas está feliz. Visivelmente, genuinamente feliz.

“Eu estou muito animado com isso. J.K. Rowling se inspirou a ambientar esse filme em 1926, com personagens completamente novos.”, ele diz. “Gastei sete anos fazendo quatro de seus filmes de Harry Poter, então eu estava desesperado para ler este roteiro, mas também nervoso, você sabe.”

“É um roteiro lindo; é muito engraçado. É novo. Ela tem um dom para criar personagens adoráveis. Esses são especiais, são realmente tocantes e divertidos. Você se vê neles, ou vê pessoas que conhece. Ocorre uma pequena explosão no set atrás de David enquanto eu pergunto o que ele vê nos quatro personagens principais: o magizoologista Newt Scamander (Eddie Redmayne), a trabalhadora do MACUSA Tina Goldstein (Katherine Waterson), a legilimens Queenie Goldstein (Alison Sudol) e o No-Maj Jacob (Dan Fogler). Ele não esquiva. Ele sorri.

“Newt é fascinante. Provavelmente qualquer um que já tenha feito alguma coisa antiquada, vai se identificar com ele... E filmar é uma profissão antiquada.”, ele diz. “Newt é obcecado pelos animais e por catalogar fatos sobre eles. Quando eu era um adolescente crescendo no Norte da Inglaterra, eu era obcecado por lentes e câmeras, então eu realmente entendo o aspecto de alguém que é obcecado por algo. Eu entendo.”

“E Tina! Tina é tão adorável, porque ela é um tanto viciada no trabalho. Muitos de nós que trabalhamos muito duro, podemos nos relacionar com isso. Jacob é todo homem, ou mulher, ele é puro e eu gosto disso. Queenie é glamorosa e de algum jeito, experiente, mas inocente. Eles são ótimos.”

David escolheu quatro atores para dar vida a esses personagens cuidadosamente, apaixonadamente e obsessivamente.

“Foi como colocar uma banda de rock junta. Nós vimos muitas pessoas. Conseguimos o Eddie, ele foi nossa âncora e eu soube, assim que o conseguimos, que teríamos que construir o mundo ao redor dele. Os outros personagens nesse mundo teriam que reagir a ele, eles teriam que ter uma reação química com Eddie. Então nós fomos à Nova York e vimos alguns atores muito bons, muitos, por dois ou três dias, um após o outro nesta mesma sala, todos eles com o Eddie.”

“Eddie já fez algumas cenas desse filme tantas vezes, com tantos atores diferentes. Quando ele estava com Katherine, teve alguma coisa. Foi fantástico e eu simplesmente pensei, tem que ser a Katherine. Tem que ser. Então com Dan... Eddie e Dan são como o Gordo e o Magro, então
tinha que ser ele. É engraçado, como eles se completam.”

E com isso, David tem que correr pela noite para dirigir a próxima cena. Pego meu celular, giro e saio do set, porque se tem alguma coisa nesse set mais aterrorizante que uma mortalha-viva, isso está sendo gravado agora."

Acompanhe as novidades no nosso twitter: https://twitter.com/AFEOHBr

You Might Also Like

0 comentários

Flickr Images

Twitter

Arquivos do site