[Coluna] Disciplinas de Hogwarts!



19/01/16

A Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts é motivo de orgulho e inveja por parte dos fãs de Harry Potter. Orgulho, pois, criou-se em torno do ambiente, um “ar mágico” raramente visto antes, conseguindo nos deixar ansiosos e querendo muito estar naquele castelo. Aí entra a inveja: saber que até o chato do Draco Malfoy foi pra Hogwarts e você não, acaba por dar um certo desgosto... Tamanha vontade de ir para o mundo mágico e estudar na escola instiga cada potterhead a, cada vez mais, imaginar e se incluir nas diversas possibilidades, passagens, salas, aulas e momentos que a escola pode proporcionar.

Uma dessas possibilidades de inclusão no universo mágico é a participação, de acordo com as personalidades diferentes de cada um, no horário escolar. Sem dúvida, conviver com os professores, alunos e com a magia em diferentes âmbitos é uma vontade de todo amante da saga – uma das primeiras vezes que vejo um número gigantesco de crianças e jovens implorando para ir para a escola e ter aulas.

Como disse acima e que é o mais divertido de tudo, a personalidade de cada um interfere nas suas aulas e professores preferidos. Eu, particularmente, me interesso muito pela aula de Poções e de Herbologia, lecionadas pelo professor Snape (posteriormente por Horácio Slughorn) e professora Sprout (posteriormente Neville Longbottom). História da Magia é bem interessante – eu não dormiria – e Transfiguração, apesar de parecer complicado, seria desafiador!

Uma questão que pouquíssimos dos fãs pensam e que seria bem difícil de escolher seriam as disciplinas optativas. No terceiro ano de estudos da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts os alunos devem escolher duas matérias optativas, pelas quais vão estudar e, posteriormente, prestar os N.O.M.s. São elas: Adivinhação, Aritmância, Estudo dos Trouxas, Runas Antigas e Trato das Criaturas Mágicas. Escolha complicada. Eu não hesitaria muito em eliminar Adivinhação e Trato das Criaturas Mágicas (apesar de que ter aulas com o Hagrid...). Aritmância seria um estudo interessante: lidar com a magia dos números. Além disso, Runas antigas são uma ótima forma de conhecer magias e culturas antigas.

Por fim, podemos perceber que as diversas matérias de Hogwarts são mais uma ótima forma de fazer com que o leitor consiga, de alguma forma, incluir-se no universo. Todos temos afinidade com um determinado tipo de estudo e facilidade com um determinado tipo de aprendizado. Levar isso pra nossa vida pessoal e escolar é mais uma lição que Harry Potter nos ensina. Estudar é sempre o melhor caminho, sendo o objeto para estudo uma varinha ou um lápis.

You Might Also Like

0 comentários

Flickr Images

Twitter