Venha conhecer um pouco mais sobre 'Castelobruxo', 'Uagadou' e 'Mahoutokoro' as Escolas de Magia espalhadas pelo mundo.

Escrito por: Karon Gravina e Bernardo Costa
Tradução: Bernardo Costa
Fonte: Pottermore

30/01/16

Durante a #HPCelebration, o Pottermore divulgou uma lista de três escolas de magia espalhadas pelo mundo, confira um pouco mais sobre cada uma delas abaixo: 

Castelobruxo 
 A Escola Brasileira de Magia, que pega estudantes de toda a América do Sul, pode ser encontrada profundamente escondida na Floresta Amazônica. O fabuloso castelo parece ser uma ruína para os poucos olhos trouxas que caem sobre ele (um truque compartilhado por Hogwarts: opiniões divididas sobre quem pegou a ideia de quem). Castelobruxo é um imponente edifício de pedra dourada, geralmente comparado a um templo. Tanto o prédio quanto os terrenos são protegidos pelos Caiporas, pequenos e peludos espíritos, que são extraordinariamente travessos, e saem a noite para proteger os estudantes e as criaturas que vivem na floresta. A antiga diretora de Catelobruxo, Benedita Dourado, foi uma vez flagrada gargalhando, em uma visita de intercambio a Hogwarts, quando o diretor Armando Dippet reclamou de Pirraça, o Poltergeist. Sua oferta de enviar a ele alguns Caiporas para a Floresta Proibida para "mostrar o que era problema de verdade", foi negada.

Os estudantes de Castelobruxo usam vestes verde claro e são especialmente avançados em Herbologia e Magizoologia. A escola oferece programas de intercambio muito populares para estudantes europeus* que desejam estudar a flora e fauna magica da America do Sul. Castelobruxo produziu um numero de ex-estudantes famosos, incluindo um dos mestres de poções mais famosos do mundo, Libatius Borage (autor de, entre outros trabalhos, Estudos Avançados no Preparo de Poções, Anti-venenos Asiaticos e Tenha Voce Mesmo uma Fiesta em uma Garrafa!) e João Coelho, Capitão do mundialmente renomado time de Quadribol, os Rasa-árvores de Tarapoto.

*Foi uma dessas viagens que os pais de Gui Weasley não puderam sustentar, fazendo com que sua amiga de Castelobruxo mandasse algo violento pelo correio.

Uagadou         
Ainda que a África tenha um numero de escolas de magia pequeno, apenas uma sobreviveu ao teste do tempo (pelo menos 1000 anos) e conquistou uma reputação internacional desejável: Uagadou.

A maior de todas as escolas bruxas recebe estudantes de todo o continente. O único endereço já divulgado é "Montanhas da Lua"; visitantes falam de um edifício estonteante, cravado em uma encosta e coberto por uma neblina, então, algumas vezes a escola parece flutuar. Muitos (alguns diriam todos) bruxos originários da África, e graduados em Uagadou são especialmente bem versados em Astronomia, Alquimia e Transfiguração.

A varinha é uma invenção europeia, e enquanto bruxos e bruxas africanos a adotaram como uma ferramenta útil, no ultimo século, muitos feitiços são lançados simplesmente ao apontar o dedo ou através de gestos de mão. Isso dá aos estudantes de Uagadou uma forte linha de defesa, quando usados de quebrar o Estatuto Internacional de Sigilo ("Eu estava apenas acenando, nunca quis que o queixo dele caísse.") Em um recente Simposio Internacional de Animagos, o time da Escola Uagadou atraiu muita atenção, quando sua apresentação de transfiguração sincronizada causou algo próximo de um motim. Muitos bruxos e bruxas mais velhos e experientes se sentiram ameaçados por adolescentes que podiam se transformar em elefantes e onças, e uma reclamação formal foi enviada à Confederação Internacional de Bruxos por Adrian Tutley (Animago: furão). A longa lista de ex-estudantes celebres de Uagadou inclui Babajide Akingbade, que sucedeu Alvo Dumbledore como Chefe da Confederação Internacional de Bruxos.

Estudantes recebem a noticia de que ganharam a entrada em Uagadou por Mensageiros dos Sonhos, enviados pelo diretor ou diretora do dia. Os Mensageiros dos Sonhos aparecem para as crianças enquanto elas dormem e deixa um token, geralmente uma pedra talhada, que é achada na mão da criança, ao acordar. Nenhuma outra escola emprega esse método de seleção.

Mahoutokoro
Essa antiga escola japonesa tem o menor corpo estudantil de todas as onze grandes escolas bruxas e pega estudantes desde os 7 anos (ainda que eles não embarquem, até os 11 anos.) Enquanto estudantes diários, crianças bruxas vão e voltam de suas casas todos os dias, nas costas de um rebanho de painhos gigantes. O palácio sofisticado e ornamentado de Mahoutokoro é feito de jade, e está localizado no topo da "inabitável" (pelo menos é o que os trouxas acham) ilha vulcânica de Minami Iwo Jima.

Estudantes são presenteados com robes encantados quando chegam, que crescem em tamanho com eles, e gradualmente mudam de cor conforme seu aprendizado de magia aumenta, começando rosa claro e se tornando (se notas máximas são conquistadas em todas as matérias) dourados. Se o robe se torna branco, é uma indicação de que o estudante quebrou o Código Japonês de Magia e adotou praticas ilegais (que na Europa chamamos de Magia Negra) ou quebrou o Estatuto Internacional de Sigilo. "Se tornar branco"é uma desgraça terrível, que resulta em expulsão imediata da escola e um julgamento no Ministério da Magia Japonês. A reputação de Mahoutokoro não se resume apenas as impressionantes proezas acadêmicas, mas também se deve à sua excepcional reputação no Quadribol, que, segundo a lenda, foi introduzido no Japão séculos atrás, por um bando de imprudentes estudantes de Hogwarts que foram soprados para fora do seu curso, durante uma tentativa de percorrer o globo, em vassouras extremamente inadequadas. Resgatados por um grupo de bruxos de Mahoutokoro, que vinham observando o movimento dos planetas, eles permaneceram como convidados por tempo suficiente para ensinar aos japoneses, uma noção básica do jogo, uma jogada que eles se arrependeriam para sempre. Todos os membros da seleção japonesa de Quadribol e os atuais campeões da Liga dos Campeões (o Toyohashi Tengu) atribuem sua proeza ao desgastante treinamento que eles receberam em Mahoutokoro, onde eles praticam sobre um mar turbulento em condições tempestuosas, forcados a manter os olhos não apenas na goles, mas também em aviões da base aérea trouxa da ilha vizinha.

You Might Also Like

0 comentários

Flickr Images

Twitter