[Coluna] Satisfeito com o Pottermore?

09/02/2016

Desde a publicação do livro Harry Potter e a Pedra Filosofal, todos que tiveram acesso aos projetos de J.K. Rowling se encantaram, esse livro que foi publicado em 1997 foi o portal do sucesso para os demais projetos que o sucederam; foram mais seis livros e oito filmes e tudo isso foi muito bom. A própria Rowling declarou se surpreender pela dedicação do público para com as histórias depois de tanto tempo.

Mesmo após concluir os livros e também se concluírem os filmes ela continuou a receber cetenas de cartas semanalmente (e incontáveis twitters diários), assim fica claro o quanto entusiasmados e fervorosos são os fãs de Harry Potter. E segundo as palavras dela “seria impossível para um autor sonhar com tamanha lealdade, como a que os fãs têm para com o seu trabalho”. E por isso J.k. anunciou o que ela chamou de presente para nós: O POTTERMORE, sendo ele mais um projeto para que todos tivessem acesso e pudessem ler os livros online, com alguns extras, a exemplo o teste das casas e a escolha da varinha, e toda a interação que o site dispunha, após a inscrição nele.

A querida escritora estava tão preocupada em manter-nos conectados ao mundo que ela criou, que achou um meio para isso já quando não havia mais livros a serem escritos e nem filmes. O Pottermore realmente foi uma excelente ideia. Mas na vida nem tudo é perfeito (na verdade não sei se existe algo perfeito), contudo há aqueles que se esforçam ao máximo para fazer o melhor, nosso maior exemplo: J.K. ROWLING; é verdadeiramente impressionante o quanto ela consegue pensar em tudo, e como tudo faz sentido. Porém, apesar de todo o esforço e dedicação, talvez o Pottermore não tenha se transformado no que ela queria, não sei se alguém falhou, ou se simplesmente a vida mostrou mais uma vez que de fato nem tudo é perfeito.

Passado algum tempo o site passou por modificações e hoje temos essa versão atual que vemos, fico muito feliz por voltarem com os testes das casas e a escolha da varinha, mas ainda aguardamos o teste do patrono. Acredito que não sou único que sente dificuldade com aquele site, gostaria que ele fosse mais simples, e assim como Harry Potter que foi traduzido para vários idiomas, seria bom que o Pottemore seguisse esse exemplo, lógico que nesse caso não me refiro a todas as línguas as quais os livros foram traduzidos, mas já facilitaria muito que além do inglês tivesse mais duas ou três línguas.

Não sei se minhas expectativas são grandes, mas na minha humilde opinião o Pottermore ainda está bem distante do que poderia ser, porém permaneço acreditando em tudo que J.K. tem criado e motivos para isso não faltam, é só olhar tudo que ela construiu até hoje e o que ela continua a construir.

Assim guardo a esperança que o site irá melhorar, e enquanto isso não acontece vou me mantendo ocupado com todos os projetos que estão por vir.

Acompanhe-nos no Twitter: @AFEOHBr


You Might Also Like

0 comentários

Flickr Images

Twitter