Como Katherine Waterston e Alison Sudol tornaram-se as Goldsteins


Tradução: Bernardo Costa
Fonte: Pottermore.com 

Dois atores entram em uma sala... 
    
Katherine Waterston e Alison Sudol chegam à Nova Iorque para a audição dos papéis de Tina e Queenie Goldstein, as duas bruxas principais em Animais Fantásticos. 

Nesse estágio, Eddie Redmayne já foi escalado como Newt Scamander. O diretor David Yates está procurando por uma química muito específica: o carinho natural inimitável entre irmãs. 

"Fomos introduzidas e foi algo como "Ok Katherine, essa é a Alison. Alison essa é a Katherine. Por que vocês não sentam naquele sofá e são irmãs?" Nós estávamos "Certo!"" Alison me conta, seus olhos brilhando e seus cachos enrolados ao redor da orelha.

"Então eu me sentei e algo aconteceu: Eu olhei para Katherine e senti uma empatia incrível por ela. Nessa cena, ela - Tina - estava sofrendo e eu podia ver isso. Comecei a brincar com seu cabelo, fazer carinho e foi um momento muito emocionante para nós dois."

Havia algo indelével entre elas, algo que durou até o último dia de filmagens. Você pode sentir isso no trailer, se você olhar bem de perto, espere por ver mais delas juntas. Quando você afasta o suspense e o drama, há uma história sobre essa aliança muito especial, que só irmãs conhecem.

"Você sabe quando conhece você conhece alguém e você simplesmente sabe, "Nós ainda não nós conhecemos, mas nós vamos. Por onde você esteve durante toda a minha vida?" [Eu e Katherine] passamos muito tempo juntas, dia após dia, mas você não tem que forçar essa conexão quando ela acontece naturalmente", diz Alison.

Katherine também se lembra do momento do sofá, é claro. Quando eu pergunto a ela sobre isso, ela sorri por um momento e me conta algo que Alison não sabe sobre aquele dia. 

"A verdade é que eu vi Alison em uma cena antes. Eu vi seu trabalho um pouco antes da improvisação, então eu já sabia que ela era um atriz ótima", diz Katherine.

"Então eu fui para a improvisação sabendo que eu estaria com alguém que aguentaria. Em situações como essa, quando você está nervosa em um teste, e sabe que pode confiar, você sente uma confiança, que em outro caso, você não sentiria. 

"Acho que isso fez uma grande diferença. Não sei se eu seria capaz de sentar e atuar como atuei. Vendo a interação nos bastidores, eu fiquei meio "Oh, ela sabe o que está fazendo." Mas ela é tão simpática, ficar próxima a ela aconteceu naturalmente"

Katherine conta ainda que ser um irmã na vida real é um grande treinamento. 

"Eu possuo uma história de vida inteira com esse sentimento de ser uma irmã. Isso importa muito em atuações como essa: confiança e amor. Nós sentimos essa conexão logo no primeiro dia, Alison e eu. Mas eu também tenho uma irmã. Eu sou um irmã, então não foi difícil fazer isso. Algumas vezes eu e minha irmã descermos as escadas e estamos usando as mesmas roupas ou chamamos nossa mãe ao mesmo tempo. Existe algo em ser irmã, você não acha?", diz ela.

Katherine está absolutamente correta, é claro. Não há nada como isso. J.K.Rowling escreveu esse relacionamento de maneira impecável em seu roteiro. David Yates reconheceu isso entre Katherine Waterston e Alison Sudol, e as duas atrizes saíram da sala como irmãs.

Publicação original, em inglês, aqui. 

You Might Also Like

0 comentários

Flickr Images

Twitter