David Yates revela a reação de JK Rowling à primeira exibição de Animais Fantásticos


Tradução: Bernardo Costa
Fonte: SnitchSeeker.com



J.K. Rowling foi para a sala de filmagens, sozinha. O diretor David Yates esperou do lado de fora. A situação era incomum.

Animais Fantásticos e Onde Habitam não estava nem perto de ser terminado e Yates, tipicamente, nunca mostraria uma cena do filme com animações cruas a alguém tão importante como a autora de Harry Potter, mas ele queria saber se sua equipe estava no caminho certo.

"Estávamos todos muito nervosos", relembra Yates. "Esperamos e esperamos". Quando Rowling finalmente saiu, ela encontrou Yates em sua sala de edição, ela o fez esperar um pouco mais. Por cerca de um minuto, ela não conseguia dizer nada. "O filme é muito emocionante", explicou Yates. "O fim, em particular, é muito doce e tocante." E aí? "Ela ficou muito feliz"

Eddie Redmayne: "Eu sonhei a minha vida inteira em segurar uma varinha e de repente eu estou com essa coisa na minha mão e eu estou completamente assustado e não sei o que fazer com ela.

Eu tive que conjurar um Obliviate e eu, literalmente, fui e olhei todos os momentos nos filmes em que tinha o feitiço, e tinha esse momento estonteante em que a Emma Watson faz um movimento muito gentil com a mão", ele diz. "Eram essas coisas específicas que eu fui procurar e acabei roubando".

Eddie Redmayne: "Eu gostaria de ver Newt na natureza, ver ele na selva de verdade.

Ela (Rowling) vem e vai, "Eddie, eu não deveria te dizer isso, mas" e aí ela avança em todos os detalhes que estão em seu cérebro. O que ela está fazendo me deixa muito animado"

Publicação original, em inglês, aqui. 

You Might Also Like

1 comentários

Flickr Images

Twitter