[COLUNA] 10 diferenças entre magia norte-americana e britânica.

Autora: Maria Anita Lima

Desde que o primeiro livro de Harry Potter foi lançado, há 15 anos, os fãs viveram pelas terras de Hogwarts. Agora com a estreia de Animais Fantásticos, o diretor David Yates e a criadora de tudo, J.K. Rowling convida os fãs a migrarem da Europa para os Estados Unidos e conhecer um pouco mais desse universo incrível. Vamos listar algumas das principais diferenças entre esses dois universos.

 • Os trouxas são conhecidos por “não mágicos”.

Na saga Harry Potter, aqueles que não possuíam sangue bruxo eram conhecidos por "trouxas", já em solo americano a expressão utilizada é “não mágico” para se referir àqueles nascidos de dois pais que não possuem magia.

 • As quatro casas.

O critério utilizado por Isolt e sua família foi bem simples para dar nome às quatro casas da Escola de Magia e Bruxaria de Ilvermorny: Por meio de suas criaturas mágicas favoritas. Chadwick escolheu Thunderbird, Webster ficou com Wampus, Isolt escolheu Horned Serpent e James ficou com o Pukwudgie. Diferentemente de Hogwarts os alunos não são nomeados para as suas casas através de um chapéu seletor e sim através de Esculturas encantadas.

 • Ilvermorny x Hogwarts.

No mundo mágico de Harry Potter a grande escola de magia e bruxaria é Hogwarts, já no universo de Animais Fantásticos a escola é Ilvermorny, a mesma apresenta similaridades com a nossa amada Hogwarts como por exemplo, o fato de ser invisível aos olhos dos não mágicos e como ditos no tópico anterior, apresenta também quatro casas.

 • Bruxos nativos não precisam de varinhas!

Sim, é isso mesmo que você leu. Os nativos norte-americanos possuem tamanho comando da magia que podem operá-la sem ajuda da varinha, mesmo que esse seja um dos objetos mais queridos no mundo bruxo, os nativos podem praticar feitiços sem a ajuda delas! E essa característica fica para os bruxos mais bem sucedidos do mundo.

 • Quodpot é mais conhecido que Quadribol.

Os bruxos norte americanos gostam bastante de esporte, e o mais praticado entre eles é o Quodpot, duas equipes de 11 integrantes cada correm para conseguir o Quod (tipo de goles só que explosiva) antes que ele exploda.

 • Bruxos e não mágicos não se misturam.

Uma lei foi instituída em 1970 determinando absoluta divisão do mundo mágico das comunidades de pessoas não mágicas.

 • Scourers x Comensais da Morte.

Diferentemente do mundo mágico de Harry Potter onde existiam os Comensais da Morte, no universo norte-americano existem os Scourers, que são tiramos que agiam com imunidade, buscando qualquer ameaça para os bruxos.

 • No mundo norte-americano existem quatro fabricantes diferentes de varinhas.

Enquanto que na Grã-Bretanha o Olivaras é monopolista, o mercado norte-americano é competitivo e possui quatro fabricantes diferentes de varinhas, são eles: Shikoba Wolfe, Thiago Quintana, Johannes Jonker e Violetta Beauvais.

 • A moeda é diferente.

Os bruxos norte-americanos possuem sua própria moeda: Dragot e o Sprink. Esqueça galeões, sicles e nuques.

 • Macusa x Ministério da Magia.

O Congresso Mágico dos Estados Unidos da América, conhecido como Macusa é equivalente ao Ministério da Magia de Londres.

You Might Also Like

3 comentários

  1. Qual a fonte dessas informações, por gentileza?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Creio que foram os livros da série "Animais Fantásticos" juntamente com o filme, Nágila =)

      Excluir
  2. J. K. é uma fonte inesgotável de criatividade!

    ResponderExcluir

Flickr Images

Twitter